segunda-feira, 7 de outubro de 2013

As mais lindas canções que ouvi (56)


Folha morta

Ary Barroso


Sei que falam de mim
Sei que zombam de mim
Oh, Deus!
Como eu sou infeliz!
Vivo à margem da vida
Sem amparo ou guarida
Oh, Deus!
Como eu sou infeliz!

Já tive amores
Tive carinhos
Já tive sonhos
Os dissabores
Levaram minh’alma
Por caminhos
Tristonhos

Hoje, sou folha morta
Que a corrente
Transporta
Oh, Deus!
Como eu sou infeliz!
Infeliz!
Eu queria
Um minuto apenas
Pra mostrar
Minhas penas
Oh, Deus!
Como eu sou infeliz!

Já tive amores
Tive carinhos
Já tive sonhos
Os dissabores
Levaram minh’alma
Por caminhos
Tristonhos

Hoje, sou folha morta
Que a corrente
Transporta
Oh, Deus!
Como eu sou infeliz!
Infeliz!
Eu queria
Um minuto apenas
Pra mostrar
Minhas penas
Oh, Deus!
Como eu sou infeliz!


Você ouvirá a canção acima na voz do saudoso Jamelão clicando neste link -  https://www.youtube.com/watch?v=J8W_gZQvpwU
Se quiser também ouvi-la na interpretação de Dalva de Oliveira, clique em https://www.youtube.com/watch?v=16EDVXcqzZ0



Nenhum comentário:

Postar um comentário